Bom, em continuidade ao post anterior…

Finalmente consegui: Instalei e joguei o bendito Assassin’s Creed no meu PC.

Observando a pequena vilaNão pretendo fazer um review do jogo, apenas vou deixar minha opinião: o jogo é muito bom!!!

A melhor mobilidade, precisão e detalhamento que já vi. Gráficos estonteantes. Definitivamente um jogo para tirar screenshots e para ficar brincando pelas cidades.

Mas tenho que reconhecer que não é um jogo para todo mundo. Ele peca em uns pontos como diversidade das missões, variedade de coisas para ser fazer (o que é muito importante, por se tratar de um jogo de free-roam)

Mas nada disso é problema para mim. Eu sou criativo o bastante para inventar o que fazer, ainda mais que o jogo me dá várias possibilidades. Um exemplo está no vídeo abaixo:

Matança deslavada de cavaleiros

Agora para as pessoas que só querem saber de cumprir missões e “matar, matar, matar”, Assassin’s Creed realmente não é um bom jogo. Não dá para sobreviver com cenas como esta ao lado…

Aliás, a idéia do jogo é, na verdade, evitar este tipo de coisa. O certo seria algo completamente oposto a isto que eu fiz… Mas sabe como é… Acidentes acontecem…

E ninguém pode me dizer “ah, mas o jogo se torna repetitivo depois de um tempo”. Joguei durante o fim de semana inteiro (muito mais do que a meia hora que me disseram que dá para aguentar o jogo), cheguei aceitavelmente longe (já passei do quarto assassinato, de 9) e só estou sentindo o jogo ficar melhor (conforme as habilidades vão melhorando e vou ganhando armas melhores).

E posso dizer com todo orgulho, cenas como as próximas pagam o jogo sem sombra de dúvidas.

Olhando para baixo, dentro de uma fortaleza.

Parar assim e ficar olhando para baixo, dentro de uma fortaleza. Atentem para a posição do personagem, inclinado para baixo e com o pé sobre a beirada. Isto não é cinematic, é gameplay real.

Eu particularmente adoro esses pequenos detalhes nos jogos.

Como eu sempre digo: pequenos detalhes é que fazem toda a diferença. Pouco fabricantes de jogos (pelo menos até hoje) se importam com tantos detalhes.

Claro que um jogo extremamente detalhado não é simples de se fazer. Se sites com algumas frescuras já são complicados, imagina jogos.

Posando em uma torre de igreja.

Esse tipo de cena “feita para screenshot” também me encanta.

Gosto de jogar um jogo que de tempos em tempos me deixe olhando para a tela, com aquela vista estonteante, e pensando “cara, que cena linda”.

Quem não gostou do jogo que me desculpe, mas na minha singela opinião é um dos melhores títulos que já vi na vida. Com seus defeitos à parte, nenhum outro jogo chega ao nível de detalhamento e perfeição (gráfica e de movimentação) de Assassin’s Creed. E ponto.

Anúncios