Busca

fim de expediente

by rafa soares

Tag

brasil

purtugueis di purtugal

As discrepâncias entre o português brasileiro e o português de Portugal não são nenhuma novidade, mas ainda assim são engraçadas e, às vezes, interessantes.

Hoje li uma notícia que dizia o seguinte:

Fazer uma viagem no troço Porto-Amarante da A4 saindo em todas as portagens fica mais barato do que realizar o percurso de forma directa, noticia o Jornal de Notícias.

Troço? Não é uma palavra que eu esperaria ler numa notícia, mas tendo em mente as diferenças , fui pesquisar.

Resultado:

Definitions of troço on the Web in Portuguese:

Tudo a ver! Mas o pior é que eu ainda não entendi muito bem “dica” do jornal… Mas e daí?! Não pretendo dirigir pelas estradas portuguesas tão cedo! (nem qualquer uma fora de São Paulo 😛 )

E por que diabos eu estava lendo uma notícia lusa? Culpa dele

sobre a apple no extra

Eu falei aqui no blog que o Pão de Açúcar fechou um acordo com a Apple.

Pois eu fui conferir isso de perto, na esperança de alguma melhora. Sonho meu…

Chegando no Extra Itaim, a conclusão é a que, lá no fundo, eu já esperava: os preços são os mesmos de qualquer revendedor: R$ 5.000,00 para o iMac de 20″, Macbook de R$ 3.500,00 pra cima.

A “novidade”, que pode ajudar os mais desesperados por um iMac ou Macbook (eu ainda não to tão desesperado) é o financiamento: 24 x R$ 263,00 = R$ 6.300,00+

Tem também em 10x sem juros, mas deve ser no cartão. Nada que outras lojas não tenham (pra quem tem R$ 5.000,00 de limite).

Alguém aí acha que vale a pena?! Eu não acho…

Então continua a espera por condições melhores… Se é que elas virão.

um passo mais próximos da apple

Acabo de ler esta ótima (espero) notícia:

Pão de Açúcar faz parceria com Apple

O Grupo Pão de Açúcar firmou parceria com a fabricante de aparelhos eletrônicos Apple para venda de produtos da marca em espaços exclusivos dentro das unidades da bandeira Extra.

Inicialmente, serão inaugurados 16 quiosques para a venda dos itens. O primeiro deles será aberto amanhã no bairro do Itaim, na capital paulista. Até final de janeiro, a companhia, que se tornou revendedor autorizado da marca no País, abrirá outros 15 pequenos stands, com cerca de 40 metros quadrados. Além de São Paulo, os produtos da Apple vão ter espaço exclusivo em Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza.

(…)

Até o início de dezembro, depois da loja do Itaim, serão inaugurados os quiosques Apple nos Extras Morumbi e Brigadeiro, ambos em São Paulo, e da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. De acordo com diretor de comércio internacional, das 160 unidades do Extra e Extra Eletro, cerca de 100 são consideradas candidatas fortes para também possuírem um espaço exclusivo para vendas de produtos Apple. Porém, para Giacomo, algumas das unidades não teriam, inicialmente, perfil para receber um quiosque Apple, por se tratar de lojas muito focadas nas classes C e D.

Apesar disso, o Pão de Açúcar aposta nesse consumidor, não somente nas classes A e B para também serem compradores dos produtos Apple. “Temos a proposta de desestigmatizar o produto. É isso que o trabalho promocional se propõe”, disse Lodygensky. O parcelamento em até 12 vezes sem juros ou em 24 vezes com juros também contribuirá, aposta a companhia, para a venda dos itens. “Há a população que compra marca parcelada”, afirmou.

De acordo com o executivo, apesar de, por enquanto, apenas 16 lojas terem espaço exclusivo, toda a rede Extra terá a linha completa da marca.

Fonte: A Tarde Online

Finalmente alguma grande empresa brasileira percebeu o potencial que o Mac tem no Brasil! 😀

Por mais que seja impossível trazer um iMac, por exemplo, para o Brasil por menos de R$ 3.200,00 (R$ 2.000,00 + R$ 1250,00 de II (60%) mais ou menos), pelo menos agora teremos um financiamento mais fácil de conseguir.

Tomara que daqui para frente as coisas fiquem mais fáceis.

O que, aliás, levanta uma antiga questão.

Acima ↑